Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação
Em 24 horas, Rio Preto confirma 432 novos casos de Covid

Em 24 horas, Covid mata mais 8 pessoas em Rio Preto

Por: Da Redação
05/03/2021 às 18:50
Saúde

O número de mortes pela doença é o dobro do registrado entre quarta (3) e quinta-feira (4). Prefeitura alerta que cidade está no limite hospitalar


Rio Preto registrou mais oito mortes por Covid-19 e mais 432 confirmações de pessoas infectadas pela doença em apenas 24 horas. O número de leitos ocupados com pacientes positivados para Covid-19 é de 230, sendo 115 em UTI e 115 em leitos de enfermaria. 
Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e foram divulgados nesta sexta-feira (5). 

Com as novas confirmações, Rio Preto acumula 1.155 óbitos registrados pela doença e 51.576 casos confirmados. As mortes registradas nas últimas 24 horas é o dobro dos óbitos registrados entre quarta (3) e quinta (4). 

Em live, o secretário municipal de Saúde Aldenis Borim se mostrou preocupado com a situação da contaminação e propagação da doença na cidade e disse que a média de internação diária é de 25 casos. 

A ocupação de leitos Covid nas cidades da região que pertencem ao Departamento Regional de Saúde (DRS) XV de Rio Preto é de 86%. Somente no município de Rio Preto, a ocupação de leitos de UTI Covid no Hospital de Base (BH) é de 90%. Já na Santa Casa de Misericórdia, a ocupação de leitos UTI Covid é de 96% Os leitos de enfermaria também estão com altas taxas de ocupação, tanto no HB quanto na Santa Casa, com 96 e 41 pessoas internadas, respectivamente.

"Chegamos no nosso limite. Nós não temos recursos humanos e condições de abrir novos leitos. Não temos mais onde buscar equipamentos e profissionais”, alertou o secretário Borim.

O secretário reforçou o pedido para que as pessoas não saiam de casa e disse que as medidas mais restritivas e a imposição da fase vermelha não são para punir os comerciantes, mas sim para preservar a vida das pessoas. "Se vocês vissem uma pessoa morrer de Covid por asfixia, nunca mais vocês sairiam de casa”, disse. 

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Rio Preto, o médico Nadim Cury alertou a população sobre as complicações que podem acometer pacientes que se recuperam da doença. "As pessoas ficam cegas por complicações da Covid. Nós estamos trabalhando no limite dos leitos de UTI e enfermaria Covid”, ressaltou. 







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!