Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Alesp/ Divulgação
O ex-prefeito de Rio Preto Valdomiro Lopes

Análise DLNews: ’Temi o pior. Essa eleição não era mesmo para mim’, diz Valdomiro Lopes após superar Covid-19

Por: Maria Elena Covre e Fabrício Carareto
26/10/2020 às 17:38
Política

Ex-prefeito disse que chegou a ter 50% dos pulmões comprometidos e que usou medicamento experimental no Albert Einstein


Temeu o pior 
Padrinho de Marco Casale (PSL) na corrida pela Prefeitura de Rio Preto, o ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB), que retornou à cidade no sábado (24) depois de 16 dias "fora de combate” por causa da Covid-19, disse que a doença mostrou que essa eleição não era mesmo para ele. Revela ainda que passou momentos difíceis, chegando a temer pelo pior. "Fiquei fora do processo num momento importante”, afirmou ao DLNews nesta segunda-feira (26). 

Ajuda a Casale 
Ainda assim, o ex-prefeito declarou que espera conseguir colaborar com a campanha do afilhado. "Quero dar algumas sugestões para o plano de governo dele.” Sentindo-se ainda com "moleza no corpo” e um tanto indisposto, Valdomiro não sabe se voltará a gravar para o programa de televisão do pesselista. De qualquer jeito, ele segue dando as caras na telinha diariamente, nas inserções dos cinco candidatos a vereador pelo PSB. 

Medicação alternativa 
Valdomiro conta ter vivido um "drama pessoal” no Einstein. "Essa doença pode atacar vários órgãos. No meu caso, sofri o que se pode chamar de uma tempestade inflamatória, que chegou a comprometer 50% dos meus pulmões. Se não tivesse tomado uma medicação alternativa, que foi experimentada na Itália, e funcionou para mim, poderia ter acontecido o pior”, disse o ex-prefeito e médico. "No dia que assinei a autorização para que eles usassem o medicamento eu estava muito mal."

Nada de cloroquina 
Valdomiro diz que o medicamento que usou, que não é cloroquina ou algo na mesma linha, destina-se originalmente para o tratamento de artrite reumatóide. Com diabetes leves e obesidade, ele é considerado grupo de risco e ficou oito dias internado.  

’Sou ZN e SUS’ 
Já Teresinha Pachá, ex-secretaria de Saúde de Rio Preto e indicada a vice-prefeita por Valdomiro Lopes na chapa de Casale (PSL), apareceu no programa de televisou desta segunda (26) com visual repaginado e considerável espaço. A enfermeira declarou que é "filha da Zona Norte” e usuária do SUS. "Assim como toda a minha família.” Um verniz de "povo” para a candidatura do empresário. 

Bicharada e pesquisa 
Edinho Araújo (MDB), que nesta segunda (26) escalou a bicharada do Zoológico Municipal para "encantar” a audiência do programa de televisão, já acusou gastos de R$ 80 mil reais em sua prestação de contas destinados a pesquisas. Material para consumo interno, claro. Quem acompanha a disputas eleitorais do emedebista sabe que ele não dá um passo sem medir o humor da população. 

Só de máscara 
Na sabatina DLNews/Record TV, nesta segunda (26), Edinho foi irredutível diante da insistência da produção da emissora para que tirasse a máscara quando estivesse ao vivo. "Não posso, sou grupo de risco”, respondeu o emedebista. Ele fez questão de lembrar, ainda, que quase 30% dos prefeituráveis já pegaram Covid-19. No caso, Carlos Arnaldo (PDT), Filipe Marchesoni (Novo) e Rogério Vinícius (DC). 

Apoio extra 
O presidente nacional do Psol, Juliano Medeiros, de 37 anos, desembarca em Rio Preto nesta quarta-feira (28) para dar uma força à dupla Marco Rillo e Luciana Fontes na corrida pela prefeitura. Mestre em História e doutor em ciências políticas pela UnB, ele coordenou por oito anos a liderança da bancada do PSOL na Câmara dos Deputados. E é autor do livro "5 mil dias – o Brasil na era do Lulismo”.

’É o caramba’ 1
"Se eu estivesse em SP, votaria e faria campanha para #jilmartattoprefeito. Desistir de candidatura é o caramba! Porque ninguém fala isso no Rio de Janeiro?” O texto postado pelo petista Arthur Grigolin, candidato a vereador em Rio Preto, é uma resposta atravessada à defesa de colegas do Psol pelo voto útil do eleitor do PT a Guilherme Boulos na Capital. 

’É o caramba’ 2
Até porque, discurso semelhante também começa a brotar em Rio Preto em favor de uma convergência das forças da esquerda em torno de Marco Rillo (Psol), o melhor posicionado nas pesquisas de intenção de voto divulgadas até o momento. O pessoal de Celi Regina (PT) não quer nem ouvir falar nisso. 







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!