Seca e alto consumo de água fazem Semae iniciar racionamento; veja lista de bairros afetados

Por: Da Redação
16/09/2020 às 12:13
Cidades

Aproximadamente 180 mil pessoas podem ficar sem água durante algumas horas do dia.

A partir desta quinta-feira (17) o Semae – Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto de Rio Preto vai racionar água em 18 bairros de Rio Preto. Entre às 13h e 20h poderá faltar água nos bairros atingidos - confira lista abaixo.


A estiagem e o alto consumo diminuíram a oferta de água superficial do rio Preto colocando em risco todo o abastecimento e colapso dos equipamentos. A última chuva intensa o suficiente foi no dia 28 de junho, registrando 9,9 milímetros. Desde então, até 15 de setembro choveu 18,55 milímetros. 

Segundo Jaqueline Reis, gerente de Operação e Manutenção de Água do Semae, a disponibilidade de captação de água do rio Preto abaixou drasticamente. "Numa época normal captamos da Represa Municipal, que fornece água para a ETA – Estação de Tratamento de Água ‘Palácio das Águas’, 450 litros de água por segundo. Atualmente, estamos captando 300 litros por segundo.”

Ainda segundo a gerente de operação, o lago 1 da represa sofreu um rebaixamento de 20 centímetros. A água da estação está sendo captada do lago 3, que está com 2 centímetros de água acima do vertedouro. "A captação de água na Represa Municipal está 23% menor que o mesmo período em 2019, de maio a agosto".

O abastecimento de Rio Preto está no limite, mesmo com o aumento da produção dos poços dos aquíferos Bauru e Guarani. A cidade vem registrando um consumo de 250 litros de água/dia por pessoa, quando o ideal deveria ser entre 180 e 200 litros. No último final de semana, o Semae registrou um consumo de 375 litros de água/dia por pessoa em alguns bairros e condomínios da cidade.

 "Se o consumo for alto, em alguns bairros poderá haver falta de água e torneira seca, em algum período do dia. Se o consumo diminuir, o Semae poderá diminuir o período de racionamento. Caso contrário, o período vai ser grande”, afirma. O racionamento está previsto para até o final do período de seca.

 
Bairros atingidos:
- Boa Vista
- Alto Rio Preto
- Urano
- Vila Maceno
- Vila Diniz
- Alto Alegre
- Mansur Daud
- São Judas
- Eldorado
- Solo Pinheiro
- Santo Antônio
- Redentora
- João Paulo
- Castelinho
- Maria Lúcia
- Cidade Jardim
- São Marcos
- Higienópolis

 
Evitar o desperdício
Cada pessoa em Rio Preto usa em torno de 250 litros de água diariamente, que é 140 litros a mais do que a ONU afirma ser necessário para atender nossas necessidades básicas.

O desperdício de água pode acontecer no dia a dia das pessoas. Exemplo disso são vazamentos que não são consertados e contidos nas residências, hábitos como tomar banhos demorados, usar a mangueira para lavar o quintal e o carro e deixar torneiras mal fechadas.

Verificar vazamentos
Uma torneira gotejando pode gastar 40 litros de água em um dia. É por esse motivo que verificar se existem vazamentos é fundamental.

Um dos modos de identificá-los dentro das residências é fechando todas as saídas de água da residência e fechar o registro do hidrômetro para que o fluxo de água seja interrompido. Depois, é preciso marcar o nível da caixa d’água e verificar novamente após uma hora.

Se o nível estiver abaixo do anterior, significa que existe vazamento nos sanitários ou nos canos internos da casa.

Atenção às rotinas
Várias tarefas do dia a dia podem gastar muitos litros de água. Portanto, ficar bem atento às rotinas pode ajudar a economizar tanto nos recursos hídricos quanto no próprio bolso. 

Ao lavar a calçada com a mangueira são gastos 280 litros de água e que lavar o carro com mangueira durante 30 minutos consome 560 litros de água.

Pequenas mudanças no momento de tomar banho e de fazer a higienização da casa podem fazer uma grande diferença. É possível, ainda, aproveitar a água da máquina de lavar roupa para lavar as calçadas e os pisos.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!