Foto por: Prefeitura de Rio Preto
Edinho sendo observado por Pauléra durante reunião com prefeitos da região

Contra Edinho, Pauléra defende reabertura de salões de beleza e barbearias

Por: Heitor Mazzoco
29/05/2020 às 18:18
Política

Para o presidente do Legislativo, ’são pequenos empresários que atendem individualmente’ e não há motivos para permanecerem fechados

Após o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), definir que a partir do dia 1º de junho salões de beleza, barbearia, bares e restaurantes devem permanecer fechados, o presidente da Câmara, Paulo Pauléra (PP), posicionou-se contra o prefeito. 


Pelo decreto do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), Rio Preto pode liberar - com medidas de distanciamento social - apenas comércios e shoppings (com 20% da capacidade). Neste ponto, Rio Preto se encaixa na fase 2 (laranja) de cinco fases apontadas pelo governo estadual. Edinho seguiu o que fora definido por Doria. 

Para Pauléra, no entanto, Rio Preto pode dar um passo adianta e ir para fase 3 (amarela). "Rio Preto tem uma situação diferenciada, com leitos vazios, casos controlados e sistema de saúde estruturado. Não entendemos porque fomos enquadrados no laranja, tínhamos de estar no amarelo", disse Pauléra em texto publicado pelo site da Câmara. 

Para o presidente do Legislativo, "são pequenos empresários que atendem individualmente" e não há motivos para que salões de beleza e barbearias fiquem fechados. Sobre bares e restaurantes, Pauléra cobrou regras claras de higiene e horário de funcionamento reduzido para liberação. 






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!