Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



"Vou interferir e ponto final", diz Bolsonaro em reunião; veja vídeo

Por: Da Redação
22/05/2020 às 18:43
Eleições 2020

Vídeo de reunião ministerial foi liberado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, no processo que investiga suposta interferência do presidente na Polícia Federal


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reclamou do sistema de inteligência do País e disse que iria interferir. "Não é uma ameaça, não é uma extrapolação da minha parte, é uma verdade", afirmou o presidente.

O conteúdo da reunião ministerial foi liberado na íntegra pelo ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal) na tarde desta sexta-feira (22). A reunião foi citada pelo ex-ministro Sergio Moro em depoimento à Polícia Federal como um indício de que o presidente Jair Bolsonaro desejava interferir na autonomia da P​olícia Federal.
O vídeo deve ser juntado aos autos do processo, que é público.

O magistrado não atendeu aos pedidos do governo e da Procuradoria-Geral da República (PGR), que defenderam a publicidade apenas dos trechos do encontro que teriam relação com o inquérito em curso no Supremo.

A investigação aberta a pedido da PGR, e autorizada por Celso de Mello, apura a veracidade das acusações do ex-juiz da Lava Jato ao pedir demissão do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Segundo o ex-juiz da Lava Jato, o presidente o pressionou pela troca da direção-geral e superintendência da PF do Rio de Janeiro com intuito de interferir no trabalho da corporação, o que viola a autonomia da PF prevista em lei.

Confira abaixo o trecho da reunião em que ele fala que iria interferir nas agências de inteligência.

Confira a íntegra da transcrição da reunião aqui.









Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!