Com dobradinhas da Mercedes, Hamilton fecha treinos livres na frente em Silvertone

Por: FOLHAPRESS - JULIANNE CERASOLI
07/08/2020 às 15:00
Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Lewis Hamilton foi o mais rápido desta sexta-feira (7) de treinos livres no Grande Prêmio dos 70 Anos da Fórmula 1, que está se...

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Lewis Hamilton foi o mais rápido desta sexta-feira (7) de treinos livres no Grande Prêmio dos 70 Anos da Fórmula 1, que está sendo disputado na pista de Silverstone, na Inglaterra, palco do primeiro GP da categoria, em 1950.
O líder do campeonato comandou a dobradinha da Mercedes, com Valtteri Bottas em segundo, invertendo as posições em relação ao primeiro treino.
O que mais chamou a atenção foi o tempo anotado pelo inglês, de 1min25s606, feito com os pneus médios, que não são os mais rápidos dentre os três compostos disponíveis. Bottas, que usou composto mais macio e mais aderente, buscando a volta mais rápida, ficou a 176 milésimos do companheiro.
Daniel Ricciardo, da Renault, surpreendeu ao fazer o terceiro tempo mais rápido da sessão. O australiano foi 815 milésimos, no entanto, mais lento que Hamilton, indicando que a supremacia da Mercedes observada no último final de semana, quando a F-1 também correu em Silverstone, continua.
Ainda nesta sexta, a Racing Point, equipe que tem o carro apelidado de Mercedes rosa, por causa da semelhança com o equipamento do time alemão, ganhou as manchetes da F-1 por ter sido punida com a perda de 15 pontos e com uma multa que supera os R$ 2,5 milhões.
Isso porque os dutos de freio que eles estão usando foram considerados uma cópia quase idêntica aos da Mercedes de 2019, o que é proibido pelo regulamento. No entanto, a briga em relação à legalidade do carro deve continuar ao longo da temporada, uma vez que vários rivais já declararam que não estão satisfeitos com a decisão, até porque a Racing Point não terá de fazer mudanças no carro mesmo após a punição.
O bom rendimento do time também contribui para o descontentamento dos rivais: nas atividades iniciais em Silverstone, Lance Stroll foi o quinto, e Nico Hulkenberg, o sexto. O alemão segue substituindo Sergio Perez, que testou novamente positivo para coronavírus na quinta (6).
Os dois ficaram logo atrás de Max Verstappen, que foi o quarto na tabela de tempos, mas perdeu grande parte da sessão devido a um problema em sua Red Bull, que o tirou justamente do momento em que os pilotos faziam as simulações de corrida. Elas são particularmente importantes porque a Pirelli mudou os compostos de pneus em relação à semana passada.
Os compostos para o GP dos 70 Anos são mais macios, o que deve obrigar os pilotos a fazer duas paradas na corrida. Antes dos problemas, Verstappen até foi cumprimentado pelo brincalhão Lando Norris, da McLaren, que foi oitavo, quando os dois se encontraram na pista.
Outro que teve problemas foi Sebastian Vettel, que terminou fora do top 10 com a Ferrari e, com menos de 10 minutos para o final, precisou lidar com o que aparentou ser uma quebra de motor. O carro da Ferrari deixou um rastro de óleo na pist, que fez com que o Safety Car virtual fosse acionado. A falha aconteceu quando ele realizava sua simulação de corrida.
As equipes agora terão mais uma hora para preparar os carros no último treino livre, que começa às 7h (de Brasília) deste sábado (8), antes da definição do grid de largada, que tem início às 10h. A corrida terá largada oficial às 10h10 do domingo (9).
*
O segundo treino livre em Silverstone:
1º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min25s606
2º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - +0s176
3º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +0s815
4º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +0s831
5º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) +0s895
6º Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point) - +1s140
7º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +1s206
8º Lando Norris (ING/McLaren) - +1s261
9º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +1s312
10º Esteban Ocon (FRA/Renault) - +1s322
11º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +1s354
12º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s396
13º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +1s522
14º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s592
15º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +1s688
16º George Russell (ING/Williams) - +1s714
17º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +1s929
18º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +1s976
19º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s077
20º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - +2s349

O primeiro treino livre em Silverstone:
1º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min26s166
2º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +0s138
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +0s727
4º Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point) - +0s776
5º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +0s896
6º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +1s114
7º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s332
8º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) +1s373
9º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s487
10º Esteban Ocon (FRA/Renault) - +1s535
11º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +1s541
12º Lando Norris (ING/McLaren) - +1s680
13º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +1s742
14º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +1s972
15º George Russell (ING/Williams) - +2s004
16º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s060
17º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +2s345
18º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +2s489
19º Robert Kubica (POL/Alfa Romeo) - +2s794
20º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +3s153

Publicado em Fri, 07 Aug 2020 14:49:00 -0300






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!