Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: GUILHERME LARA CAMPOS/A2FOTOGRAFIA
Hospital atende a mais de 2 milhões de habitantes de 102 municípios

Viva Rio Preto: HB e Famerp estão entre os muitos motivos para celebrar seus 168 anos

Por: Augusto Fiorin (especial para o DLNews)
19/03/2020 às 08:29
Viva Rio Preto

Viva Rio Preto nas horas boas e nas horas difíceis. E neste momento, de tantas incertezas, o Hospital de Base e a Famerp, com medicina de ponta e pesquisa, são nossos escolhidos para abrir a série dos muitos motivos que temos para celebrar os 168 anos de nossa cidade


São José do Rio Preto e seus habitantes têm muitas razões para celebrar nesta quinta-feira, dia 19 de março de 2020. Com 168 anos, a cidade é dona de encantos e oportunidades, de conquistas e desenvolvimento. E para comemorar essa importante data, o DLNews publicará, semanalmente, conteúdos especiais com temas relacionados ao município, considerado o segundo melhor do País para se viver. 

Em sua primeira publicação, o "Viva Rio Preto” apresenta ao leitor um complexo que cresceu na mesma proporção da cidade, transformando-o, inclusive, em seu "coração”. Referência médica nacional, o Hospital de Base (HB) destaca-se pelo corpo clínico altamente qualificado e pela Medicina de alta tecnologia que oferece aos pacientes, dos quais, 85% são do Sistema Único de Saúde (SUS).

O HB possui uma das maiores emergências do interior paulista, com 12 mil atendimentos por mês. E os números impressionam: o centro médico atende a mais de 2 milhões de habitantes dos 102 municípios pertencentes à Divisão Regional de Saúde de Rio Preto (DRS 15), conta com 1.089 médicos e residentes e outros 1.653 profissionais que abarcam 30 especialidades e 117 subespecialidades médicas. Como uma cidade que não para, possui em seu quadro 4.054 funcionários, montante superior a alguns municípios da região. 

Para a diretora-administrativa da instituição, Amália Tieco, todas essas características adquiridas ao longo de quase 52 anos só foram possíveis graças a uma importante iniciativa da cidade: "criar com carinho o filho HB”. "Rio Preto nos ofereceu amor e, principalmente, nos deu o suporte que precisávamos para crescer. Hoje, retribuímos com satisfação e caminhamos unidos em busca de novos desafios”, diz. 

E para se consolidar ainda mais como entidade orgulho do rio-pretense, a direção do centro médico tem uma grande meta para o próximo ano: disponibilizar um número maior de atendimento aos moradores de Rio Preto. Para isso, pretende administrar o Hospital Municipal, que está sendo construído na Zona Norte e deve ser entregue a população em 18 meses. "Temos know-how e expertise para facultar ainda mais saúde para nossa gente. Por conhecermos tão bem essa realidade, dentro das exigências legais, nos ofereceremos a isso”, explica a diretora.

O hospital possui 708 leitos de internação e UTIs prontas para oferecer atendimento especializado. O reconhecimento dos serviços oferecidos manifesta-se de várias formas por parte da sociedade, como a eleição de melhor maternidade de São Paulo em 2011 e o título de instituição "Amiga da Criança", da Fundação Abrinq. 

Para Amália, laços afetivos que tornam a relação Rio Preto/HB ainda mais forte e verdadeira. "Um complemento que atrais investimentos e transforma a saúde regional por meio da integração de assistência, ensino e pesquisa”, acrescenta. Para o próximo ano, porém, além dos objetivos destacados, a diretora pretende comemorar o aniversário da cidade diferentemente do que está ocorrendo em 2020. "Com bolo e muita alegria”, finaliza, destacando a impossibilidade de comemorações mais efetivas em virtude da gravidade da pandemia do coronavírus.  

Famerp 
Principal braço de formação de profissionais e de apoio ao Hospital de Base, a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), desde a sua fundação, também contribuiu muito para que a cidade se tornasse referência em saúde. Com quase 52 anos de vida, a entidade já formou mais de 3 mil médicos e 1,5 mil enfermeiros. Assim como o HB, a instituição é considerada uma das melhores de ensino superior do País e recebe estudantes de mais de 20 estados brasileiros. Vem ganhado cada vez mais destaque por suas pesquisas e prevê, para o futuro, a implantação de novos cursos, além da intensificação dos mais diversos estudos. 

Segundo o chefe do Departamento de Virologia da entidade, médico Maurício Lacerda Nogueira, hoje, os principais temas pesquisados nos laboratórios da Famerp estão relacionados ao câncer, doenças infecciosas, bactérias resistentes e transplante de órgãos. O fato de estar ligada a um hospital que é o segundo maior em atendimento do Estado, para ele, torna a instituição ainda mais forte e eficaz. 
"Atualmente são cerca de 40 pesquisas em andamento. Os trabalhos, inclusive, atendem às demandas do município, já que desenvolvem ações, por exemplo, de controle e combate a dengue na cidade”, explica. 

Apesar de comemorar o aniversário do município e reconhecer a importância da Famerp para Rio Preto e vice-versa, o pesquisador faz questão de ressaltar as dificuldades momentâneas relacionadas aos cortes de bolsas no setor promovidos pelo governo federal. Em meados de 2019, a Famerp foi notificada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) de que novas vagas para bolsistas não serão mais preenchidas. "Ainda assim seguimos trabalhando, acreditando e resistindo. Independente das adversidades, é gratificante comemorar a fundação de uma cidade tão dinâmica, pujante, dedicada e que oferece inúmeras possibilidades de novas descobertas e aprendizagem”. 

Reconhecimento
Em 2008, a Famerp ganhou o prêmio nacional Guia do Estudante / Banco Real de Melhor Faculdade do Interior. No mesmo ano, recebeu nota máxima no Índice Geral de Cursos (IGC) promovido pelo MEC, classificando-se como a segunda melhor instituição pública do País, atrás apenas do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). No IGC 2009, divulgado no início de 2011, novamente a faculdade recebeu nota máxima do MEC. Foi a única escola de Medicina do estado de São Paulo a obter nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) realizado em 2016. E assim Rio Preto comemora seus 168 anos, se orgulhando dessas duas importantes instituições de saúde, educação e ciência. Viva!


Diretora-administrativa do HB, Amália Tieco

Foto por: Miguel Flauzino
Chefe do Departamento de Virologia do HB, Maurício Lacerda Nogueira








Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!