Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Furto de veículos teve aumento
Foto por: Pixabay/ilustração
Furto de veículos teve aumento

Região tem aumento em quatro tipos de crime, aponta estudo do Estado

Por: Da Redação
26/09/2021 às 13:02
Polícia

Em agosto, comparado com o mesmo mês de 2020, aumentaram na região de Rio Preto os casos de roubos em geral e furtos em geral, furtos de veículos e estupros


A região de Rio Preto terminou o mês de agosto com aumento em quatro tipos de crime na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Os roubos em geral tiveram 19 registros a mais ante o oitavo mês de 2020. Os furtos em geral subiram 22,6%, no mesmo período.

Os estupros tiveram alta de 4,3%, somando 48 casos. Os furtos de veículo oscilaram de 99 para 130. Houve redução nos roubos de carga e de veículos e aumento na quantidade de prisões realizadas pelas polícias. Furto é quando o criminoso leva o produto na ausência do dono, sem uso de violência. Roubo é quando usa violência, na presença da pessoa que está de posse do bem.

Os dados foram divulgados neste fim de semana pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.  Os homicídios dolosos ficaram estáveis e os roubos a banco permaneceram zerados.

No mês passado houve um caso a menos de roubo de carga, se comparado a agosto de 2020. O número passou de 1 para 0. Nos roubos de veículos a redução foi de quatro boletins, passando de 10 para 6 – o menor total da série histórica, ao lado de 2019.

Pela quarta vez consecutiva, o indicador de roubos a banco ficou zerado em um mês de agosto, na região.

Desde o início da série, em 2001, não foram registradas ocorrências de extorsões mediante sequestro.

Em agosto deste ano foram contabilizados sete casos e sete vítimas de homicídios dolosos, assim como ocorreu em igual mês de 2020.

Com isso, as taxas de mortes intencionais dos últimos 12 meses (de setembro de 2020 a agosto de 2021) ficaram em 5,84 ocorrências e 5,91 vítimas para cada grupo de 100 mil habitantes.

No período, houve um boletim de latrocínio, com uma vítima. Em agosto do ano anterior ambos os indicadores ficaram zerados.

O trabalho das polícias paulistas na região de São José do Rio Preto, no mês passado, permitiu aumentar a quantidade de prisões em 31,43% - passou de 595 para 782. No período foram apreendidas 20 armas de fogo ilegais e registrados 178 flagrantes por tráfico de drogas.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!