Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Alex Pelicer/ Gazeta de Rio Preto
Os dois boletim foram registrados neste domingo na Central de Flagrantes de Rio Preto

Jovens registram boletim de ocorrência de violência doméstica contra o pai de uma delas

Por: Da Redação
21/06/2021 às 09:38
Polícia

Ele, por sua vez, também procurou a polícia registrando agressão


Neste domingo (20), um boletim de ocorrência de violência doméstica e lesão corporal foi registrado por duas jovens, de 21 e 22 anos. Caso aconteceu no Jardim Simões, em Rio Preto e o registro acusa o pai de uma delas como o autor.

Segundo o boletim de ocorrência registrado, o pai de uma delas foi até a casa onde moram, tendo chamado a filha até o portão. Neste momento teria a pego pelos cabelos e levado ela até o apartamento e passado a agredi-la.

De acordo com o que foi informado por elas, ele teria ainda agredido a outra jovem, com socos e chutes. No boletim registrado por elas também consta que a esposa dele, madrasta de uma das vítimas, teria colaborado com as agressões. 

Um segundo boletim de ocorrência, em complemento ao primeiro, foi registrado pelo pai. Lá consta que ele teria ido até o local após a ex-mulher dele, mãe de uma das jovens, ter mandado uma foto mostrando droga dentro da bolsa da filha.

Ele registrou que foi até o local para conversar com ela e fez buscas pelo apartamento para encontrar a droga. Quando achou, ele teria sido empurrado pela filha e a companheira dela teria partido em sua direção, tendo a empurrado.

Ele confirmou ter dado um tapa no rosto da filha e disse que, neste momento, a outra jovem teria dado uma unhada nele, pego a droga e dito que chamaria a polícia, saindo do local em seguida. 

A madrasta também se manifestou no registro deste segundo boletim de ocorrência, dizendo que em momento algum agrediu as jovens. Informou ter ficado assustada com a situação, tentando apenas acalmar os ânimos no local.

As jovens foram informadas sobre o prazo de representação criminal e instruídas sobre a solicitação de medida protetiva. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!