Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



México terá trem intercidades de R$ 8 bi, com 19 estações em 1.525 km de trilhos

Por: FOLHAPRESS - MARCELO TOLEDO
15/06/2021 às 02:30
Brasil e Mundo

RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - O México prevê colocar em funcionamento, dentro de pouco mais de dois anos, um trem intermunicipal que terá 1.525 quilômetros ...


RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - O México prevê colocar em funcionamento, dentro de pouco mais de dois anos, um trem intermunicipal que terá 1.525 quilômetros de trilhos ligando o sudeste do país com a península de Yucatán, num investimento de cerca de R$ 8 bilhões.

O Trem Maya, como foi batizado, contará com 19 estações, passando por cidades como Mérida, Cancún, Playa del Carmen e Tulum, entre outros lugares. Ele partirá de Palenque e terá como ponto final Xpujil.

Os 42 trens que serão utilizados na rota serão fabricados pela Alstom em Ciudad Sahagún Hidalgo. A empresa faz parte de um consórcio formado também por Bombardier Transportation México, Gami Ingeniería e Instalaciones e Construcciones Urales Procesos Industriales.

O projeto ferroviário de grande escala tem contrato no valor total de 1,3 bilhão de euros, o equivalente a cerca de R$ 8 bilhões.

O primeiro trem deverá ser entregue em 24 meses e as operações devem começar em dezembro de 2023.

“Estamos extremamente orgulhosos de termos sido selecionados para fornecer o Trem Maya, um trem para o México, construído no México, bem como seu sistema completo de sinalização. O desenho dos três tipos de trens [que serão usados] é exclusivo do México e inspirado na cultura maia, onde as linhas majestosas, velocidade e beleza do jaguar foram elementos inspiradores para o trem”, disse, em comunicado, Maite Ramos, diretora geral da Alstom México.

De acordo com ela, a fabricação do Trem Maya começará imediatamente, com mão de obra mexicana.

A previsão é que o projeto gere 12 mil empregos, dos quais 4.500 diretos e 7.500 indiretos.

A proposta vencedora foi anunciada em 26 de maio pelo Fundo Nacional para Promoção do Turismo e levou em conta fatores como custo, grau de integração e prazos de entrega.

O consórcio que tem a Alstom-Bombardier à frente será responsável pelo projeto, fabricação e comissionamento de 42 trens X’Trapolis, além de todo o sistema de sinalização e os mais de 1.500 km de equipamentos de vias.



Publicado em Tue, 15 Jun 2021 02:25:00 -0300







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!