Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação
Setores de serviços e tecnologia puxam PIB de São Paulo

Setores de serviços e tecnologia puxam PIB paulista para 0,4%

Por: Melissa Cerozzi
04/03/2021 às 13:17
Economia

Apesar de tímido, o crescimento do PIB de 2020 é considerado um sinal positivo para a economia quando comparado ao cenário nacional e mundial.


O Produto Interno Bruto (PIB) do Estado de São Paulo cresceu 0,4% em 2020, ano em que o mundo foi acometido pela pandemia do coronavírus que prejudicou a economia global. Os setores que mais contribuíram para o resultado geral foram os de serviços e de tecnologia, que representam 77% da economia do Estado. Juntos esses setores cresceram 1,8% no ano. 

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (4) pelo Governo do Estado de São Paulo, com cálculos da Fundação Sistema Nacional de Análises de Dados (Seade). 

Quando comparado ao PIB de 2019, com crescimento de 2,2% (R$ 2,38 trilhões), o PIB de 2020 aponta uma queda brusca. Mas apesar de tímido, o crescimento de 0,4% foi comemorado pelo governo paulista, já que em 2020 a economia global sofreu os impactos da pandemia do coronavírus. 

O resultado deixa São Paulo na frente do resultado nacional, já que em 2020 o PIB do país caiu 4,1%. "O crescimento econômico, em meio à pandemia que devasta o país, é um sinal de força da economia do Estado de São Paulo”, pontuou o governador João Doria.

Ainda de acordo com os dados apresentados pelo Estado, o resultado final foi alcançado a partir de uma recuperação de 9,8% no terceiro trimestre do ano passado, após uma queda de 6,3% no segundo trimestre. "A economia mundial recuou em média 3,5% em 2020. Todas as maiores economias, inclusive Estados Unidos e as da União Europeia, registraram retrações entre 3,5% e 7%”, reforçou o governador.

"É um resultado extraordinário, dadas as condições que todos enfrentamos, com os efeitos de uma crise sanitária de escala mundial”, disse o secretário da Fazenda Henrique Meirelles. "Um crescimento que é um sinal da força da economia de São Paulo”, completou. 

Previsão para 2021
De acordo com a Fundação Seade, em 2021 o PIB paulista pode crescer em torno de 5%. Parte deste desempenho vem do impulso dado pelo ritmo forte de crescimento do segundo semestre do ano passado.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!