Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Governo do Estado de São Paulo
Doses destinadas ao Interior são carregadas no centro de distribuição

Vacinação contra Covid em Rio Preto começa nesta terça-feira (19), no HB

Por: Da Redação
18/01/2021 às 10:42
Saúde

Governador Doria estará em Rio Preto para dar início à imunização no município


A vacinação contra a Covid em Rio Preto terá início às 11h desta terça-feira (19), no Hospital de Base. Serão destinadas a Rio Preto 7 mil doses.

De acordo com nota da assessoria de imprensa da Prefeitura, a o início da imunização na cidade contará com a presença do governador João Doria (PSDB) e do prefeito Edinho Araújo (MDB).

A vacinação será aplicada em profissionais de saúde no Hospital de Base. A data e o horário foram definidos após reunião virtual com o vice-governador Rodrigo Garcia e o secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi.

De acordo com o governo do Estado, um caminhão escoltado pela polícia deve sair nesta segunda (18) à tarde de São Paulo para levar as vacinas até o HB. Neste primeiro momento, serão imunizados com a Coronavac apenas os profissionais de saúde.

Às 8h da manhã, dois caminhões saíram do Centro de Distribuição e Logística (CDL) da capital em direção ao HC de Botucatu (Unesp), que inicia a imunização às 15h de hoje; e outro com 4 mil vacinas rumo ao HC da Unicamp, que começa a vacinar seus trabalhadores de saúde às 16h de hoje. 

Além de Rio Preto, os HCs de Ribeirão Preto (USP) e Marília (Famema) também deverão receber as doses entre a tarde e a noite desta segunda (18).  

Campanha
A campanha de vacinação começou ainda no domingo (17), minutos após aprovação do uso da vacina do Butantan pela Anvisa. Somente no domingo foram vacinados 112 pessoas, incluindo as duas primeiras brasileira a serem vacinada no país: a enfermeira Mônica Calazans, da UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas;  representando tanto os profissionais de saúde quanto a população indígena, a técnica de enfermagem e assistente social, Vanuzia Santos, do povo Kaimbé, foi a primeira indígena a ser vacinada no Brasil. 

"Estamos distribuindo as grades de vacinas e insumos com muita agilidade graças ao planejamento e à mobilização das equipes. Há cerca de três meses temos nos dedicado a organizar esta campanha, que agora começa com a priorização dos nossos heróis da saúde”, diz o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn. 

A campanha de imunização contra a Covid-19 em São Paulo será desenvolvida segundo a disponibilidade das remessas do órgão federal. À medida que o Ministério da Saúde viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos-alvo da campanha de vacinação contra a Covid-19 serão divulgadas pelo governo de São Paulo.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!