Foto por: Presidência da República
Bolsonaro: aumento de popularidade

Coronavoucher e bom comportamento elevaram popularidade de Bolsonaro, segundo deputados

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto e Heitor Mazzoco
14/08/2020 às 19:50
Bastidores

Rompimento com "Olavismo" seria outro fator importante, na opinião de Fausto Pinatto, que retomou discurso de aliado

Receita do $ucesso
Distribuição de dinheiro por meio do auxílio emergencial e bom comportamento foram os principais fatores que levaram o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a popularidade recorde em pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (14), na opinião de deputados federais que representam Rio Preto e região. 

Diálogo
Para Luiz Carlos Motta, do PL, partido que integra o Centrão, hoje alinhado ao presidente no Legislativo Federal, o auxílio de R$ 600 (podendo chegar a R$ 1,2 mil) "aos mais necessitados diante da pandemia” é o fator preponderante, mas contribui também para a maior simpatia ao presidente "a adoção de um diálogo mais moderado com as instituições, como o Congresso Nacional. "São ações e condutas que colaboram para conter o desgaste de Bolsonaro diante da população num cenário de crises. É preciso mantê-las para preservar esta considerável avaliação”, afirmou. 

Isolamento providencial
Além do "coronavoucher”, o deputado Geninho Zuliani (DEM),  cita o "abrandamento do tom autoritário, com manifestações mais adequadas à atual situação que o Brasil vivencia”. O democrata diz ainda que o isolamento ao qual o presidente se submeteu após contrair o novo coronavírus, sem declarações polêmicas ou participação em manifestações, contribuiu para a popularidade dele. "A adoção de conduta mais discreta e com menos rompantes fez diminuir as críticas e descontentamento geral aos mais sensíveis às posturas adotadas por Bolsonaro.”

Distância do "olavismo”
Já o deputado Fausto Pinatto (PP), que tinha assumido postura crítica em relação a Bolsonaro, voltou ao discurso de aliado. Único que não cita o auxílio-emergencial, ele põe o dedo numa ferida que ainda sangra no meio bolsonarista: a relação com os "olavistas”, seguidores de Olavo de Carvalho, guru de boa parte dos aliados de primeira hora do presidente. O aumento da popularidade do presidente Jair Bolsonaro é o resultado do abandono das ideias malucas dos "olavistas” e ao respeito aos poderes constituídos”, diz o pepista.  

Todos os povos 
O deputado ainda completa: "Nosso presidente implodiu a fábrica de conflitos desnecessários e agora tem o tempo necessário para pensar no futuro do Brasil e do povo brasileiro, com emprego, saúde, educação e segurança, sem ideologia barata, pensando no aumento do nosso PIB, exportando e comercializando com os americanos e chineses, com árabes e judeus, com o isolado Irã e os russos, com a Índia, os europeus e africanos, com as Américas, e com todos os demais povos.”

Fé no amarelo 
O secretário de Saúde de Rio Preto, Aldenis Borim, demonstrou confiança nesta sexta-feira (14) de que a região de Rio Preto passará para a fase amarela do Plano SP de flexibilização, o que permitirá reabertura de bares, restaurantes, salões de beleza, barbearias e academias. 

Queda de casos 
Para corroborar suas expectativas, Aldenis utilizou-se de gráfico que mostra o número de casos de Covid-19 em queda no município, apesar de o número de mortes continuar mantendo a mesma variação diária. Ele explicou que a cidade passou do pico de casos para estágio decrescente. E que as mortes são decorrentes do agravamento dos quadros clínicos de pacientes internados nas semanas anteriores.  

Leitos de UTI 
O principal fator para mudança de fase no Plano SP é a taxa de ocupação de leitos de UTI. A região de Rio Preto é a que registra no momento maior índice de vagas com pacientes no Estado de São Paulo, com 78,4%. Mas, de fato, a ocupação vem diminuindo. Na última quinta-feira (13), esse percentual batia em 79,2%. O número de internações também apresentou queda de 8,3%. Para avançar, a região precisar estar com taxa de ocupação menor que 75%. 

Promessa
A perspectiva de que a região de fato vá amarelar na classificação que será anunciada na próxima sexta-feira (21) conseguiu conter o ímpeto de um grupo de donos de restaurantes dispostos a abrir a portas, mesmo contrariando as regras do Estado. O pessoal vai manter as portas fechadas mais um tempo e, também, suspendeu um protesto que faria contra o governador João Doria. A esperança é de que no sábado (22) o setor consiga voltar a operar. Os ânimos foram serenados depois de uma conversa com o prefeito Edinho Araújo (MDB) e representantes da Acirp. 

Passa longe
Após o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), testar positivo para Covid-19, o vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), submeteu-se ao exame, que deu negativo. 

Menos férias 
Vereadores de Rio Preto vão votar na sessão de terça (18) projeto que reduz as férias dos parlamentares em 10 dias. Pelo projeto de Celso Peixão (MDB), os parlamentares ficarão sem trabalhar entre 21 de dezembro e 20 de janeiro. Hoje, o regimento interno aponta "folga” para os nobres edis entre 20 de dezembro e 31 de janeiro.  

Deixe sua sugestão 
O PT de Rio Preto vai lançar uma plataforma digital na próxima segunda-feira (17) com o objetivo de "abrir espaço para a população propor ideias que possam melhorar a cidade”. As sugestões serão avaliadas e servirão como subsídio para a elaboração de um plano de governo para a pré-candidata à prefeita pela legenda, Celi Regina. Edinho Silva, prefeito de Araraquara e ex-ministro da Comunicação de Dilma Rousseff, é o convidado ilustre para a atividade de lançamento. Tudo virtual. 

Injeção de ânimo
A injeção de ânimo que Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional e presidente estadual do PSDB, aplicou em Renato Pupo nos encontros entres os dois da última semana (um em Catanduva e outro em São Paulo) mostrou-se eficiente. O delegado, que andava meio em dúvida com a pré-candidatura a prefeito, reafirmou à cúpula do tucanato local, em reunião nesta sexta-feira (14), que segue candidatíssimo. 

Conversas 
Pupo, aliás, teve uma conversa pessoal nos últimos dias com o ex-deputado estadual Orlando Bolçone (DEM), nome cobiçado como vice pelo prefeito Edinho Araújo (PMDB). O papo teria sido amigável e dado margem para novas rodadas. Mas até o momento, os dois são pré-candidatos à cabeça de chapa. Ou seja, alguém tem de recuar para dar casamento. 

Nas suas... 
O deputado federal de Fernadópolis, Fausto Pinato (PP), deu aval para o vereador Paulo Pauléra, do mesmo partido, decidir qual o rumo da legenda na eleição municipal deste ano. A decisão foi tomada em uma reunião entre os integrantes do PP.

...mãos 

"Em Rio Preto, temos nomes em condições de participar da disputa, exemplo do empresário Osmair Guareschi e do vereador Pauléra", disse Pinato. Pauléra, atualmente, é presidente da Câmara de Rio Preto e presença constante nas entregas de obras do prefeito Edinho Araújo (MDB). 

Convenções  
As convenções partidárias terão um prazo menor neste ano e deverão ocorrer entre 31 de agosto e 16 de setembro. O encurtamento do período (que seria de 16 de agosto a 16 de setembro) foi decisão do plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta semana. As eleições serão em novembro por causa da pandemia da Covid-19.

Expansão
De olho na expansão do Açúcar Guarani, a Tereos, multinacional que tem sete unidades no interior paulista e sede em Olímpia (SP), lançou nova promoção em parceria com as redes de supermercados Porecatu, em Votuporanga, e Proença, em Rio Preto. A cada R$ 20 em compras de produtos da marca, o consumidor ganha um vale-entrega grátis para utilização nas compras online. Chama a atenção a ofensiva da marca na conquista do consumidor do varejo. 






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!