Foto por: Governo de São Paulo
Restaurantes devem seguir regras de distanciamento e limitação de 40% do espaço

Doria amplia funcionamento de serviços de alimentação até as 22h na fase amarela

Por: Heitor Mazzoco
05/08/2020 às 13:10
Política

Até então, a regra determinava que os locais deveriam funcionar até as 17h

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou no começo da tarde desta quarta-feira (5) que uma nova mudança será feita no Plano São Paulo de flexibilização. A partir desta quinta-feira (6), serviços de alimentação, como restaurantes, poderão abrir até as 22h. Até então, a regra determinava que os locais deveriam funcionar até as 17h. 


No entanto, essa regra vale para regiões que estejam na fase amarela (3) do Plano SP. Atualmente, o Departamento Regional de Saúde (DRS) de Rio Preto está na fase laranja (2). 

Em um eventual avanço de Rio Preto para fase amarela, os estabelecimentos terão de aguardar duas semanas para abrirem até as 22h, explicou o governador. 

 

"Restaurantes, padarias, estabelecimentos de alimentação. Só para estabelecimentos que estejam há duas semanas na fase amarela. Quem entrar na fase amarela, poderá abrir os restaurantes após duas semanas", disse o tucano. 

 

De acordo com as novas regras, os estabelecimentos podem funcionar por seis horas ao dia e com 40% de ocupação de pessoas sentadas. "Cabe ao estabelecimento decidir. Se vai abrir três horas e depois mais três horas. Ou seis horas ininterruptas. As pessoas não poderão ficar em pé”, alertou. 


Atualmente, a Capital, Grande São Paulo e Baixada Santista estão há mais de duas semanas na fase amarela. A região de Araraquara, única do interior na fase amarela, completa duas semanas nesta fase na próxima sexta-feira (7). 






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!