Saúde em Rio Preto já receitou 113 comprimidos de cloroquina a pacientes com Covid

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto e Heitor Mazzoco
04/08/2020 às 20:43
Bastidores

Secretaria de Saúde, porém, diz que medicamento não faz parte do protocolo no combate à doença

Cloroquina de montão 1
Não é só de ivermectina que vive o combate à Covid-19 de Rio Preto. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, o Ministério da Saúde enviou 900 comprimidos de cloroquina 150 mg para serem utilizados no tratamento da doença na cidade. Até o momento, 113 comprimidos foram destinados a pacientes com Covid na cidade.  

Cloroquina de montão 2
O uso da cloroquina, uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro, não está no protocolo da saúde pública municipal, segundo o secretário Aldenis Borim. Ele disse que o município chegou a recusar a oferta do Ministério da Saúde, mas recuou após médicos da rede municipal começarem a receitar o medicamento, cuja eficácia não é comprovada contra a doença. Detalhe: os 900 comprimidos vieram de graça.

Cloroquina de montão 3
O mesmo ocorre em relação à ivermectina, segundo Borim. Apesar de o município não recomendar seu uso na prevenção da Covid, a Prefeitura vai gastar R$ 260 mil para a compra de 150 mil comprimidos devido a prescrição médica. De acordo com o secretário, mesmo fora do protocolo, o medicamento tem sido indicado por profissionais da saúde.

Cloroquina de montão 4
Mas não é só a rede pública que está sendo abastecida com a cloroquina: o Ministério da Saúde enviou outros 974 comprimidos do medicamento para a Santa Casa, Beneficência Portuguesa, Santa Helena, Unimed e Austa.

Confira a coluna Bastidores na íntegra aqui.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!