Foto por: Divulgação
Leitos de UTI para Covid que funcionam no HB

HB derruba paredes para abrigar mais UTI Covid e Austa constrói hospital de campanha

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto e Heitor Mazzoco
28/07/2020 às 21:08
Bastidores

O HB já tem quatro UTIs que foram criadas para para combate à pandemia, somando até o momento 117 leitos

Canteiro de obras
Um frenético canteiro de obras cercado por tapumes no 3º andar do Hospital de Base de Rio Preto - com algumas paredes derrubadas e outras "rasgadas” para instalações especiais - chama a atenção dentro da instituição. Embora sem confirmação oficial, o DLNews apurou que o espaço está sendo adaptado para abrigar mais leitos de UTI preparados para receber pacientes Covid-19.

Abrindo espaço
O HB já tem quatro UTIs que foram criadas para esta finalidade, somando até o momento 117 leitos. Mas a ocupação já chegou a bater em 96%. A direção do hospital, referência para atendimento dos casos mais graves da doença em 107 cidades da região, incluindo Rio Preto, chegou a afirmar, três semanas atrás, que não tinha mais espaço físico nem recursos humanos para ampliar a oferta ao Estado. Tudo indica, no entanto, que a diretoria vem se preparando para a demanda que não para de crescer. 
 

Problema
No caso do Hospital de Base, convênios para novos leitos são firmados com a Secretaria de Saúde do Estado. No entanto, na live desta terça-feira (28), em que são apresentados os dados da Covid-19 em Rio Preto, o secretário municipal da Saúde, Aldenis Borim, afirmou que a saturação rápida dos leitos criados nas últimas semanas se tornou o grande problema no combate ao avanço do novo coronavírus em toda a região.

Números em alta
Segundo o boletim Covid-19, na segunda (27), o Hospital de Base estava com 99 dos 117 leitos de UTI ocupados. A Santa Casa, que é hospital referência para pacientes de Rio Preto, por exemplo, atingiu 100% de ocupação de UTI e enfermaria nesta terça (28). Além de HB e Santa Casa, Rio Preto conta ainda com leitos no Hospital de Jaci e na UPA Jaguaré. Rio Preto soma, até esta terça-feira (28), 7.927 infectados pelo novo coronavírus e 219 mortes.

Hospital de campanha
Entre os hospitais privados, o Austa também está com obras aceleradas na construção de um hospital de campanha para onde serão transferidos todos os atendimentos a
pacientes com síndrome respiratória, forma que o prédio atual fique exclusivamente para os outros tipos de pacientes.

35 leitos
O hospital de campanha terá 35 leitos no total, com cinco para pacientes que precisarem de isolamento e outros dez de UTI. A estrutura vai atender pacientes particulares e de convênios atendidos pelo Hospital Austa.

R$ 12 milhões
A construção da nova estrutura segue o cronograma previsto, segundo a assessoria de imprensa do hospital, quando foi feito o anúncio de investimento de R$ 12 milhões para esta finalidade. Os recursos estão sendo injetados pela Rede Hospital Care, a quem o Austa se associou. 


Elevou o tom 
Diante da decisão do prefeito Edinho Araújo (MDB) de manter super e hipermercados fechados aos sábados e domingos em Rio Preto, o diretor regional da APAS, José Luís Sanches, elevou o tom, disse que a decisão do STF  favorável à prefeitura é política e que a entidade vai insistir na guerra judicial, embora se mostre sem grande esperanças de reverter a medida para o próximo final de semana. "Toffoli fica até a próxima segunda-feira. Difícil mudar qualquer coisa antes de ele sair”, afirmou o supermercadista à coluna. 

Respaldado por Toffoli 
Respaldado pela vitória no STF, Edinho decidiu prorrogar  decreto que  impõe lei seca em Rio Preto entre 20h e 6h de segunda a sexta e durante todo o final de semana. E também determina o fechamento de hiper e supermercados aos sábados e domingos. A medida, que deixaria de valer na próxima quinta (30), agora vai vigorar até o dia 10 de agosto. Como contrapartida, os estabelecimentos vão poder funcionar entre 6h e meia noite durante a semana. 

Supermercados fechados 2
A decisão ocorreu após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Antonio Dias Toffoli, negar nesta terça-feira (28) reconsideração da APAS (Associação Paulista de Supermercados), que pedia reabertura dos estabelecimentos aos finais de semana. Um dia antes de a entidade entrar com o pedido, o próprio Toffoli deu razão à Prefeitura de Rio Preto. As medidas são para evitar aglomerações e tentar reduzir o avanço do novo coronavírus na cidade. 

"Então fecha tudo”
"Se é assim, por que ele não edita um decreto fechando tudo? Temos fotos que mostram shoppings, a Leroy Merlin, a Decathlon e vários outros locais do gênero lotados. Nós oferecemos serviços essenciais, e não eles. Estamos preparados para evitar aglomerações”, criticou Sanches. Ainda segundo o empresário, a ampliação do horário não resolve a vida de todos os supermercadistas. "Beneficia quem já abre até este horário. O consumidor não vai procurar os locais que não funcionam normalmente até meia noite”, completou. De novo, segundo Sanches, o governo não ouviu o setor antes de tomar a decisão, se submetendo a exigências do "pessoal da saúde”. 

E ônibus? 
A vereadora Márcia Caldas (PSD) cobrou o secretário de Trânsito, Amaury Fernandes, na sessão desta terça-feira sobre como a pasta vai atender funcionários de supermercados, que poderão ficar até meia-noite no trabalho, já que o novo decreto de Edinho permite, durante a semana, funcionamento das 6h às 24h. O secretário respondeu: "Vamos sentar e resolver".

Fares sai da UTI 1
O médico Jorge Fares, diretor-executivo da Funfarme, deixou a UTI e foi levado para um quarto do Hospital de Base desde o último domingo (26). Hospitalizado há quase 40 dias com Covid-19, ele vive uma verdadeira saga na luta contra a doença.

Fares sai da UTI 2
Depois semanas intubado, Fares foi para o quarto, mostrou boa recuperação e chegou a receber alta hospitalar no último dia 23, quando um vídeo em que era apresentado à neta, nascida no Canadá, viralizou nas redes sociais. Horas depois, no entanto, ele apresentou desconforto respiratório e voltou para a Unidade de Terapia Intensiva, onde permaneceu por mais três dias.


Internado 1
O ex-vereador Carlão dos Santos, que exerceu dois mandatos na Câmara de Rio Preto, eleito em 2008 e reeleito em 2012, está internado no Hospital Austa com diagnóstico confirmado de Covid-19.

Internado 2
Segundo o DLNews apurou, Carlão está lúcido, no quarto e recebendo oxigênio. Carlão do JC, como é conhecido também, já passou pelo PTB e Solidariedade. Perdeu a eleição em 2016  e está em pré-campanha para voltar à Câmara neste ano. É pré-candidato na chapa do DEM.

Unimed 1
Em assembleia geral ordinária, por videoconferência, a Unimed Rio Preto promoveu a eleição de seu primeiro Conselho Societário, de caráter consultivo. Trata-se de uma nova instância, que teria surgido devido à reivindicação por maior participação dos cooperados dentro do grupo.

Unimed 2
"O objetivo é que o grupo discuta a macro atuação da cooperativa, além de colaborar com a elaboração de estratégias que garantam a sustentabilidade da Unimed Rio Preto”, diz a empresa. O Conselho Societário é formado por membros dos conselhos Administrativo, Técnico e Fiscal da cooperativa, os cinco ex-presidentes e 30 membros, todos cooperados, eleitos em assembleia. No total, foram 54 candidatos.

Ninho de mulheres
Com uma mulher com pré-candidata à prefeitura de Mirassolândia – a atual vice Célia Matos –,  o PSDB da cidade conseguiu uma proeza: uma chapa de aspirantes ao Legislativo com 70% de nomes femininos. Ou seja, lá as cotas são para os homens, que representam apenas 30% dos 14 pré-candidatos. Formada em serviço social, a tucana, aliás, rompe a parceria com o atual prefeito, João Carlos Fernandes, o Menzão, do DEM, de quem passa a ser adversária. Ele concorre à reeleição.

Diz que vai...
Numa espécie de autoexílio político na Capital, provocado também pela quarentena, o ex-deputado estadual Vaz de Lima não pisa em Rio Preto desde o Carnaval. Mas, questionado pelo DLNews, ele garante que, apesar da missão de coordenar as cerca de 500 candidaturas pretendidas pelos tucanos a prefeituras no Estado, vai sobrar tempo para "abraçar” a campanha do agora correligionário Renato Pupo. "No corpo-a-corpo ou no modo remoto, é claro que vamos defender o nome do nosso partido. Sempre”, afirma.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!