Foto por: Divulgação
Prédio do Lucy Montoro em Rio Preto

Lucy Montoro vai tratar pacientes com sequelas da Covid-19 em 200 cidades da região

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto e Heitor Mazzoco
07/07/2020 às 19:38
Bastidores

Instituto de reabilitação de Rio Preto se junta a outros quatros centros espalhados pelo País para ajudar sobreviventes da doença que apresentam sintomas que vão da fadiga a dores neurológicas e falta de memória

Sequelas da Covid  
O Instituto de Reabilitação Lucy Montoro de Rio Preto vai integrar, com outros quatro serviços ligados a universidades em diferentes pontos do País, um observatório de estudos dos sobreviventes da Covid-19. O objetivo é levantar sequelas de vítimas do novo coronavírus para, em seguida, começar o tratamento dessas pessoas. 

Cinco instituições 
Além do Lucy Montoro de Rio Preto, ligado à Funfarme/Famerp, os demais centros de recuperação que integram o observatório são ligados à USP (Universidade de São Paulo), UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo. 

Em 15 dias
Segundo a médica Regina Chueire, diretora do Lucy Montoro de Rio Preto, o trabalho deve ter início em 15 dias. A triagem dos pacientes será feita por meio de telemedicina. Após apresentar os sintomas que persistem após a doença, a pessoa é agendada e passa para o atendimento presencial. 

200 cidades 
O trabalho não se restringe a pacientes do Hospital de Base e nem apenas ao que residem em Rio Preto. São pacientes das cerca de 200 cidades cobertas pela unidade local Lucy Montoro. "Qualquer pessoa que teve a doença e apresenta sequelas pode entrar em contato com a gente”, explica. Um número de telefone para esta finalidade será anunciado em breve. 

De fadiga a amputação
A médica explica ainda que no mundo e também nas cidades brasileiras em que a doença se manifestou antes, como a Capital paulista, está sendo detectada grande quantidade de pacientes que, após o tratamento da Covid, apresentam fadiga, sarcopenia (perda de massa muscular), distúrbios respiratórios, dores neurológicas, deformidades, cãibras, distúrbios de memórias e até amputações. As vítimas que ficam na UTI são as mais afetadas. "A boa notícia é que, com reabilitação, isso melhora muito”, diz Regina Chueire. 

Multidisciplinar 
"Num primeiro momento, vamos relatar todas essas e outras sequelas para, em seguida, começar o tratamento com uma equipe multidisciplinar, que envolve médico fisiatra, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, nutricionista, entre vários outros”, conclui. 

Boa notícia 1
A notícia nesta terça-feira (7) de que o médico Jorge Fares, diretor da Funfarme, foi extubado (retirado do aparelho de ventilação mecânica) provocou uma onda de manifestações de alívio em grupos de Whatsapp e redes sociais. Fares, 65 anos, está internado na UTI do Hospital de Base com Covid-19 desde o dia 20 de junho. No último dia 3 de julho, com os pulmões comprometidos, ele foi intubado, ficando dependente do respirador por quatro dias. 

Boa notícia 2
Outra boa notícia, que veio acompanhada de um áudio emocionante, foi a de melhoras do delegado Paulo Moreschi, 43 anos, titular da delegacia de Polícia Civil de Uchôa. Também vítima de Covid-19, ele estava intubado na UTI do Hospital Beneficência Portuguesa e foi retirado do aparelho de respiração mecânica nesta terça-feira (7). "Eu estou aqui no quarto com a minha esposa e foi em razão da oração de vocês que deus me abençoou”, disse em mensagem aos amigos. 

Hotéis 
Na Fase 2 do Plano SP, Olímpia, que pertence à DRS de Barretos, anunciou a abertura gradual da sua gigantesca rede hoteleira a partir do próximo dia 17 de julho, que passará a operar inicialmente com 25% da capacidade total. Após um mês, se não houver impacto direto nos casos de coronavírus na cidade, o percentual sobe para 50% e, assim, sucessivamente, até chegar aos 100%. 

Com leitos...
O município conta com 22 hotéis, 55 pousadas, dois hotéis-fazenda, dois hostels, um flat e seis resorts, além de casas de temporadas, totalizando algo em torno de 26 mil leitos. 

… mas sem parque 
A prefeitura avisa, no entanto, que o decreto 7.816/20, que trata do plano de reabertura dos meios de hospedagem em Olímpia, não inclui os principais atrativos de turistas da cidade, que são os parques aquáticos e também o Parque dos Dinossauros. O funcionamento dos parques segue, segundo a prefeitura, suspenso no município”. E sem previsão.

Oxigênio
O prefeito Fernando Cunha (PSD) diz que o plano de reabertura do setor hoteleiro foi feito seguindo orientações da Secretaria de Estado do Turismo. "A medida visa ainda respalda o setor, tendo em vista que hotelaria do município encontra-se proibida pela Justiça de anunciar e comercializar estadias futuras por falta de uma regulamentação própria, o que tem prejudicado ainda mais a geração de receita do setor”, diz o prefeito. O setor de Turismo é responsável por cerca de 65% da economia do município, movimentando cerca de R$ 1,5 bilhão por ano.

Culpa da Covid 1
Advogado do ex-prefeito de Rio Preto Valdomiro Lopes (PSB) cobrou na Justiça apreciação de embargos de declaração (movimento jurídico para pedir esclarecimento em sentenças), que foi protocolado em março, na ação em o ex-prefeito foi condenado a pagar R$ 1,6 milhão no caso do carro "Passat Alemão". Segundo MP, à época, o ex-procurador do município Luiz Antonio Tavolaro recebeu o carro de luxo da Constroeste em troca de agilidade na rescisão do contrato do lixo com a Leão Leão. 

Culpa da Covid 2
O juiz Adilson Araki Ribeiro afirmou em despacho que Valdomiro deve aguardar o fim da quarentena, porque os embargos foram peticionados no começo de março. O processo, de 2013, ainda é físico e não digitalizado. Com a pandemia da Covid-19, a apreciação dos embargos deve ocorrer nos próximos meses.

Driblou 1
A Universidade Brasil conseguiu reverter na Justiça novas restrições impostas pelo Ministério da Educação (MEC) em função do escândalo de fraudes no curso de medicina apontadas em investigações do Ministério Público e Polícia Federal. 

Driblou 2
A instituição, de Fernandópolis, distribui comunicado nesta terça-feira (7) referente à decisão da 2ª Vara Cível da Seção Judiciária do Distrito Federal, que determinou a suspensão de procedimento do MEC contra a instituição. Com a medida, a universidade fica autorizada a captar novos alunos para seus diferentes cursos - presenciais e do EAD -, a criar novos polos de ensino e também a emitir diplomas.

Driblou 3
Desde abril sob a gestão de Felipe Sigollo, executivo da área de educação que já atuou no MEC e com bom trânsito junto a políticos do andar de cima, a Universidade Brasil vem obtendo sucesso no plano de separar a instituição de seus encrencados donos, que chegaram a ficar presos. Para Sigollo, "apesar do pouco tempo, a decisão significa reconhecimento importante e permite, entre tantas coisas, a sequência de um trabalho sério e pautado pela ética”.

Dá um livro 1 
A carreira do jornalista Roberto Toledo, presidente do diretório municipal do DEM de Rio Preto e homem de confiança do vice-governador Rodrigo Garcia (DEM), vai virar livro. O projeto "Roberto Toledo nas ondas do rádio” foi aprovado pelo Proac-ICMS e autorizado a captar R$ 114.480,26 junto à iniciativa privada. A Poty, do empresário José Luís Franzotti, já entrou com parte do patrocínio. 

Dá um livro 2
O livro contará com a edição do também jornalista e professor universitário Deodoro Moreira e o texto será da jornalista Cecília Demian.  Toledo, que está prestes a completar 75 anos de idade e é considerado uma memória viva do rádio em Rio Preto permeará uma história recheada de passagens saborosas da cidade.

Lembranças 
 "Uma destas passagens é de 1969, quando eu estive frente a frente com Sílvio Santos abrindo o Cidade Contra Cidade na TV Tupi. Fui o primeiro a participar do programa contra Araraquara. Foi a primeira vez que Rio Preto foi apresentada para parte do Brasil”, lembra Toledo. 

Rendeu voto 
O então prefeito de Rio Preto era Lotf João Bassitt, que estava no palco. Contra Uberaba, o médico Wilson Romano Calil teve uma performance tão relevante ao exibir seus conhecimentos na famosa gincana televisiva que virou prefeito de Rio Preto. "Lembranças que o tempo não apaga”, diz Toledo. 

Menina dos olhos 1 
Por falar em rádio, o meio anda agitado. Não vai ter festa de inauguração devido às orientações para se evitar aglomerações, mas já está pronto, e operando, os novos estúdios da 40 Graus FM, emissora do megaempresário José Faria, do Grupo Faria. 
 
Menina dos olhos 2
Dirigida por Cacá Rossetti, outro decano da área na cidade, a rádio, menina dos olhos do patriarca da Constroeste, ocupa 500 metros quadrados de um edifício na região central de Rio Preto, com direito a auditório, muita cor, luzes e tecnologia de ponta. 






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!