Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Eduardobb
Hospital de Base de Rio Preto

HB será referência para tratamento de coronavírus

Por: Da Redação
26/02/2020 às 18:21
Saúde

Informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira (26) pela Secretaria do Estado da Saúde.


O Hospital de Base de Rio Preto está entre os três hospitais do interior paulista definidos como referência para o tratamento de coronavírus. A lista das unidades foi divulgada após reunião do centro de contingência do Estado, criado para monitorar e coordenar ações contra a propagação do novo coronavírus.

Dentre as definições do centro, destaca-se a definição dos hospitais de referência para o tratamento de casos graves serão o Hospital das Clínicas de São Paulo (HCFMUSP) e Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na capital.

No interior, HCs de Ribeirão Preto (USP) e Campinas (Unicamp), Hospital de Base de Rio Preto e, no litoral, o Emílio Ribas II, do Guarujá. Juntas, essas unidades contam com cerca de 4 mil leitos, sendo mil de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Os hospitais privados também poderão integrar a rede, seguindo protocolos e até disponibilizando leitos, se houver necessidade. Profissionais da Saúde estadual vão reforçar os contatos com os serviços particulares para reforçar o alinhamento de estratégias e fluxos.

Capacitação

O Centro de Vigilância Epidemiológica irá capacitar ainda mais de 3 mil profissionais da área de saúde ao longo das próximas semanas em todo Estado. O Estado possui 5 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS), mais de 100 mil leitos hospitalares, incluindo 15 mil de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O Instituto Adolfo Lutz está preparado e possui kits diagnósticos para analisar amostras e realizar contraprova de laboratórios particulares, se preciso.

O centro contará com profissionais especialistas das redes pública e privada, com ênfase na área de Infectologia, sob a supervisão do Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, e coordenação do médico infectologista, David Uip. A lista inclui o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e os professores Marcos Boulos (HCFMUSP), Esper Kallas, (HCFMUSP), Luiz Fernando Aranha (Unifesp), Carlos Fortaleza (HC de Botucatu) e Benedito Maciel (HC de Ribeirão).

Primeiro caso do Brasil foi confirmado nesta quarta-feira (26), na cidade de São Paulo.

Sintomas

Os sintomas do COVID-19 são febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza é preciso observar outros aspectos epidemiológicos, como histórico de viagem em área com circulação do vírus ou mesmo contato próximo a algum caso suspeito ou confirmado laboratorialmente para a doença.

Dicas de prevenção

- Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;

- Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

- Não compartilhar objetos de uso pessoal;

- Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;

- Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;

- Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;

- Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.

 







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!