Foto por: Divulgação/ Alesp
Gilmar Gimenes continua preso em Guarani D’Oeste

Por ordem da Justiça, ex-deputado Gilmar Gimenes vai passar Carnaval na cadeia

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto e Lucas Israel
21/02/2020 às 20:44
Bastidores

Gilmar Gimenes (PSDB) é investigado por envolvimento em fraudes na Santa Casa de Fernandópolis

Atrás das grades
O juiz Vinícius Castrequini Bufulin, da 2ª Vara de Fernandópolis, prorrogou a prisão do ex-deputado estadual Gilmar Gimenes (PSDB) e de mais oito pessoas presas durante a Operação Hígia, que investiga supostas fraudes na Santa Casa, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e na unidade da rede Lucy Montoro em Fernandópolis.

Irregularidades
Segundo investigações, a OS Andradina, então responsável pela administração do hospital, teria efetuado fraudes na compra de equipamentos, insumos e serviços, ampliando a dívida da Santa Casa para quase R$ 50 milhões desde 2014, quando a organização social assumiu a gestão do hospital filantrópico.

Liberados
Foram emitidos 14 mandados de prisão, sendo que 12 pessoas foram mantidas presas na cadeia de Guarani d’Oeste. Destas, nove continuarão atrás das grades. Foram soltos pela Justiça Antônio Luiz Aielo, João Tarlau e Edilberto Sartin, ex-membros do conselho administrativos da Santa Casa. Aielo, inclusive, ocupava o cargo de secretário de Recursos Humanos da Prefeitura de Fernandópolis. Após o escândalo, ele foi demitido pelo prefeito André Pessuto (DEM). 

Cofres do Gada 1
O Gada decidiu apostar na implantação de um calendário permanente de atividades para levantar recursos junto à sociedade civil, como almoço solidário, festa da pizza e brechós. Prática comum entre entidades beneficentes, este tipo de ação só agora vira estratégia de sobrevivência da ONG.

Cofres do Gada 2
Os cofres da entidade ainda sentem o impacto do fim da parceria com a Secretaria da Saúde de Rio Preto em 2018, pela qual recebia repasses mensais na ordem de R$ 140 mil para trabalhos de prevenção ao HIV, às hepatites e às doenças sexualmente transmissíveis. Hoje, o Gada tem como recurso fixo apenas o oriundo de contrato com o governo João Dória (PSDB), no qual é responsável por alocar educadores nas unidades da Fundação Casa de todo o Estado. 
 
Secou
Outra fonte de renda da ONG são os projetos apresentados quando o Ministério da Saúde e outras esferas governamentais abrem editais, o que rareou na gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A redução de recursos levou à demissão de gente que atuava na entidade há 18 anos. 

Poder
O Gada surgiu em Rio Preto em 1997 e foi pioneiro em ações relacionadas à Aids quando o assunto ainda representava tabu e desafios gigantescos à saúde pública. Assinou projetos como a criação de casa abrigo para crianças que ficaram órfãs devido à doença. Brigou pela distribuição de medicamentos específico, foi fundamental na construção de uma rede de atendimento eficiente e acabou ajudando a transformar a cidade numa referência nacional no combate e prevenção. Até hoje foca sua ação em atendimento jurídico, psicológico e social.

Rota de colisão
Ganhou muito poder político nos anos seguintes, com influência direta nas administrações municipais. O grupo, no entanto, entrou em rota de colisão com a atual gestão implantada na saúde pelo médico e vice-prefeito Eleuses Paiva. Perdeu poder político e virou alvo de denúncias de irregularidades, como uso inadequado de dinheiro público, que resultaram em ações ainda em trâmite na Justiça.

Asfixia
Para o advogado do Gada, Rogério Vinícius dos Santos, as acusações são improcedentes e a decisão da Secretaria da Saúde em romper parcerias de anos foi uma forma de asfixiar a entidade financeiramente. "O que não conseguiu”, diz ele.

Vai rever

A Secretaria de Trânsito de Rio Preto resolveu rever o funcionamento dos corredores de ônibus. A medida tomada pelo secretário Amaury Hernandes vem na rabeira de reclamações feitas por vereadores, que querem a flexibilização ou mesmo o fim dos corredores em determinados locais, como a avenida Bady Bassitt.

Sem achismo
"Estamos fazendo medições para ver se é possível alterar ou não”, afirma o secretário, que descartou, no entanto, alteração no funcionamento de um ou outro corredor. Se tiver que mudar, a medida vai valer para todos. "Não é simplesmente a vontade de um grupo específico, de forma a criar uma regra para cada via. Não podemos estabelecer regras em função de achismo. Vamos ver se em algum lugar podemos flexibilizar isso ou não”, completou.

Pai de filho feio...
Outro ponto que gera reclamações à granel é o fato do corredor estar à direita da mão de direção e, não, à esquerda, dificultando a vida do motorista que precisa de acesso às ruas e avenidas perpendiculares. Mas, quanto a isso, o secretário diz que não foi a atual gestão que projetou o dispositivo. "Os corredores foram criados pela gestão passada e simplesmente colocamos em operação. Agora não tem muito o que fazer. Teria que arrancar todos os pontos”, completa Amaury.

Tucano em ação 1
Marco Vinholi (PSDB) vai dar expediente em Rio Preto na próxima quarta-feira de cinzas, dia 26. Ele vai se dividir entre as funções de Secretário de Desenvolvimento Regional de São Paulo e cacique do tucanato no Estado.

Tucano em ação 2
Uma das atividades previstas na agenda do político de confiança de João Doria por aqui é "atendimento” a prefeitos de cidades vizinhas com suas demandas para o governo estadual. O outro compromisso é de cunho partidário: reunião com filiados e pré-candidatos tucanos para falar das eleições municipais. "Reforçando a candidatura de Renato Pupo”, diz o presidente municipal do PSDB, Manoel Gonçalves.

Utilidade pública 1
A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de São Paulo deu parecer favorável a projeto de lei que transforma a AACD de Rio Preto em entidade de utilidade pública. A certificação é condição para que a entidade possa pleitear recursos públicos jundo ao governo do Estado.

Utilidade pública 2
O projeto de lei número 1109, de 2019, é de autoria do deputado estadual Itamar Borges (MDB). Pelas convenções internas à Assembleia Legislativa de São Paulo, parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça já reconhece a proposta como aprovada na Casa, sujeita apenas à sanção do governador João Doria.
  
Para não errar a fantasia 1
Em tempos de polarização e ânimos acirrados, é bom tentar saber que pandeiro tocam os foliões de bailes e blocos de carnavais que mais reúnem gente em Rio Preto. Não só para não errar a fantasia, mas também para não arrumar encrenca. 

Para não errar a fantasia 2
Se você pretende curtir a folia de Momo em clubes como o Monte Líbano e o Automóvel Clube, vai encontrar olhares enviesados se apostar em fantasias com críticas políticas ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, e ao presidente Jair Bolsonaro. São territórios de devotos fervorosos dos dois políticos. Ok, liberdade de expressão é garantia constitucional, mas fica aqui a #dica.

Para não errar a fantasia 3
Já no Bloco do Vasco, que reúne uma pequena multidão nas ruas do bairro Boa Vista no domingo e na segunda, o clima é exatamente o inverso. Nada de aparecer por lá com camiseta verde e amarela e um boneco de lula presidiário nas mãos. Trata-se de reduto esquerdista e altamente crítico à pauta conservadora e moralista do atual governo.

Para não errar a fantasia 4
Já o Bloco do Saci que se concentra no Mercadão Municipal neste sábado reúne de tudo um pouco, mas com vocação fortemente libertária, já que tem entre seus fundadores artistas e intelectuais, uma classe que está longe de batucar nas mesmas notas do bolsonarismo.

Só no Saci
Neste ano, o prefeito Edinho Araújo (MDB) está mais seletivo e cauteloso com sua agenda de Carnaval. Até o início da noite desta sexta-feira (21), a assessoria do emedebista só confirmou participação dele no Bloco do Saci, que se reúne no Mercadão Municipal ao meio dia deste sábado (22). A assessoria do prefeito também não informou se Edinho, que é sócio do Monte Líbano, vai dar umas sambadinhas por lá.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!