Foto por: Divulgação/ Unifunec
José Carlos Mesquita, médico urologista

Médico e professor da Famerp aceita coordenar curso particular de medicina e ’escandaliza’ colegas

Por: Maria Elena Covre, Lucas Israel e Fabrício Carareto
13/02/2020 às 20:56
Bastidores

José Carlos Mesquita é chefe do departamento de Urologia da Famerp e foi anunciado como coordenador do curso de medicina da Unifunec, em Santa Fé do Sul.

Dupla jornada 1
Caiu como uma bomba no sempre agitado bastidor da Famerp, a informação de que o médico José Carlos Mesquita, professor e chefe do departamento de urologia da casa, será também o novo coordenador do curso de medicina da Unifunec (Centro Universitário de Santa Fé do Sul). A notícia foi publicada nesta quinta-feira (13) no site oficial da instituição privada. Veja aqui.

Dupla jornada 2

De acordo com a informação oficial, o convite aceito pelo médico rio-pretense foi formulado pela reitora emérita da Unifunec, Samira Âmbar Lins, e contou com a anuência do reitor, Guilherme Hiroshi Yamanari, em reunião na última sexta-feira, dia 7. Ainda segundo o texto, Mesquita deverá assumir a função nesta sexta-feira, dia 14.

Escandalizados 1

Acontece que a novidade "escandalizou” muitos dos pares de Mesquita na Famerp, incluindo integrantes das diretorias da própria faculdade de medicina e do Hospital de Base, em especial a chamada ala mais tradicional.

Escandalizados 2

São públicas manifestações de representantes da Famerp contra o que eles classificam como "disseminação de cursos de medicina particulares desvinculados de hospitais e outras estruturas básicas”. Para os críticos, é inadmissível um "famerpiano” de alta patente compactuar com algo que a instituição tanto critica.

Consumo externo
Para consumo externo, o diretor da Famerp, Dulcimar Donizeti de Souza, afirmou por meio de sua assessoria de comunicação, que não via problema no fato de o colega "dar aulas” nos dois cursos, desde que isso não interferisse nas atividades dele na instituição rio-pretense. O que, ficou claro para todo bom entendedor, não inclui "coordenar" o curso de Santa Fé do Sul. Vale dizer que o médico José Carlos Mesquita também é dono de um dos institutos de urologia mais movimentados da cidade.

Críticas
Dulcimar reproduziu, no entanto, posição pessoal e da instituição de que é radicalmente contra a abertura de faculdades de medicina sem hospitais, estrutura adequada e uma rede de atenção básica.

Sob pressão
O fato é que, menos de 24 horas após a Unifunec anunciar o novo coordenador do curso de medicina, a direção da Famerp disse ter "informação” apenas de que ele apenas daria aula em Santa Fé do Sul. Ou seja, tudo indica que o médico rio-pretense, sob pressão, deverá declinar do convite aceito. Ele foi procurado pela coluna pelo Whatsapp, mas não respondeu às mensagens deixadas.

Uma forcinha 1

Metódico, sistemático e sem papas na língua, o secretário de Planejamento de Rio Preto, Israel Cestari é servidor de carreira e quer distância das intrincadas articulações políticas que ocupam o secretário de Governo, Jair Moretti.

Uma forcinha 2
Mas Cestari tem feito um trabalho de campo em favor do novo Plano Diretor, cuja elaboração foi coordenada por ele, que pode facilitar, e muito, a vida do colega Moretti, a quem cabe fazer a proposta tramitar o mais rápido possível e sem grandes fraturas na Câmara de Vereadores, onde o pacote de leis deverá chegar na próxima semana.

Só para Romani 1
Quando solicitado, o secretário de Planejamento tem comparecido com toda paciência de que dispões para apresentar a proposta e tirar dúvidas. Foi assim com empresários da construção civil, com representantes da Acirp, com o pessoal da Sociedade de Engenharia, com representantes de associações de bairros e, nesta quinta-feira (13) com o promotor de Justiça Carlos Gilberto Romani.

Só para Romani 2
O promotor queria detalhes sobre o que será feito com a Floresta do Noroeste Paulista e o novo sistema de condomínios de lotes autorizado por lei federal e que está sendo introduzido na atualização do Plano Diretor de Rio Preto.

CPI da Calçada
O vereador Marco Rillo (PT) protocolou pedido de abertura de Comissão Especial de Inquérito para apurar suposta "malversação de recursos públicos” na reforma de calçadas que, segundo o vereador, teria sido desnecessária.

Lupa
Segundo Rillo, o objetivo é apurar os contratos da Prefeitura com a S.M.S. Serviços, prevendo obras e compra de materiais com dispensa de licitação. E com valores próximos ao limite máximo permitido pela legislação vigente. O documento ainda aponta suposto direcionamento nas concorrências para a empresa, como justificativa para a abertura da comissão.

Assinaturas

Até o final da tarde desta quinta-feira (13), quatro vereadores tinham assinado o pedido de investigação: Gérson Furquim (PP), Jorge Menezes (PTB) e Renato Pupo (PSD), além do próprio Rillo. Pelo regulamento do Legislativo municipal são necessárias no total seis assinaturas.

Missão difícil 1
Mas conseguir as duas assinaturas restantes demandará um trabalho hercúleo ao petista. Às vésperas do período eleitoral, quem pretende compor o arco de alianças do prefeito Edinho Araújo (MDB) não vai querer atrito nenhum com os integrantes do 8º andar da Prefeitura. Jean Charles Serbeto (MDB) e José Carlos Marinho (PSB) - este, inclusive, já está com o filho encaminhado junto ao Patriota, peça-chave da base de Edinho – já mandaram avisar que não vão assinar o requerimento.

Missão difícil 2
O único que se disse disposto a apoiar a CEI foi Fábio Marcondes (PR), que ainda não o fez. Mas ainda que ele realmente o faça - o que parece pouco provável dada sua ligação com Edinho e sua histórica indisposição com o petista -, ainda ficaria faltando uma assinatura. 

Construindo 1
Engana-se quem acredita que o ex-deputado estadual Vaz de Lima (PSDB) se resignou com um cargo de segundo escalão no governo estadual, o que lhe permite (santo privilégio!) curtir um cineminha com a mulher, Ivani, noite sim, noite não, na Capital.

Construindo 2
Nada mais estratégico para as pretensões do veterano político de voltar a ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa de São Paulo do que cuidar das mais de 400 candidaturas a prefeito pelo PSDB em todo o Estado, incluindo a de Renato Pupo em Rio Preto. Com o papel, ele mantém-se vivíssimo junto aos agentes políticos de todas estas cidades, ou seja, um batalhão de futuros cabos eleitorais.

Operação Vagatomia
A operação "Verità Protetta”, derivação da Operação Vagatomia, mirou o atual reitor da Universidade Brasil, Adib Abdouni. Ele teria ameaçado e intimidado funcionários que atuaram como testemunhas do processo que investiga a venda de vagas no curso de medicina, irregularidades no exame de revalidação de diplomas e fraudes no Fies e no ProUni de até R$ 500 milhões.

Isolamento
Segundo a Justiça, Abdouni, além de afastado das atividades da universidade, não pode ter qualquer tipo de contato com investigados da Vagatomia, além de estar obrigado a comparecer em juízo mensalmente. Ele fica também proibido de se ausentar da região onde reside por mais de 30 dias sem autorização. O delegado Cristiano de Pádua chegou a pedir a prisão do reitor, negada pela Justiça.

Confronto
Abdouni assumiu o comando da faculdade após a prisão de José Fernando Pinto da Costa, dono da instituição e preso na primeira fase da operação. Ele ainda atua como advogado e havia representado contra o delegado Cristiano de Pádua, dizendo que este teria cooptado uma funcionária da Universidade Brasil para receber informações.

Novidade
Quase um "patrimônio” de Rio Preto, a casa de sucos Moenda inaugura nesta segunda-feira (17) uma loja em Mirassol. A presença na cidade vizinha é parte do processo de franqueamento da marca, que tem 45 anos, e foi encampada pela holding ATNZO, de propriedade do empresário Lucas Atanásio.

Faturamento gordo
Segundo a própria franqueadora, o faturamento bruto da unidade de Rio Preto ultrapassa os R$ 100 mil mensais com uma liquidez na casa dos 40%. Os modelos de negócio são dois: para Lojas de Rua e Express, este de olho nos shopping centers.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!