Governo devolve dinheiro para Central de Flagrantes e Polícia Civil segue com licitação

Por: Da Redação
22/11/2019 às 17:40
Polícia

O processo licitatório para contratação de empresa responsável pela demolição já está em fase de conclusão.

O Governo do Estado devolveu, na quinta-feira (21), a verba de R$ 520 mil que estava destinada à demolição do prédio da antiga Central de Flagrantes e que havia sido retirado, no início do mês de novembro, sob a alegação que não havia mais o dinheiro para a execução da obra, que ficaria sem previsão de retomada.

 "Soubemos ontem (quinta (21)) a noite por uma nota de crédito que recebemos da Secretaria da Fazenda. Hoje de manhã fizemos uma nota de reserva e voltamos ao status que estávamos antes do encerramento da execução orçamentaria”, falou o delegado seccional Silas José dos Santos. 

Com a devolução do dinheiro, a demolição deve acontecer ainda neste ano, no mês de dezembro. O processo de licitação, que não chegou a ser paralisado, já está em fase de conclusão.

"Prosseguíamos com o processo de licitação. O objetivo era seguir até concluir e suspenderíamos, caso não tivesse o dinheiro. Mas deu tudo certo. Agora estamos na fase de recebimento de recurso. Tenho duas empresas habilitadas e a etapa encerra na terça (26)”, disse o delegado.

O prédio antigo, que também era a sede da Ciretran, tem risco de desabamento e se transformou um mausoléu, com a parte interna repleta de sujeira e vidros quebrados. A nova sede da Central, alugada, fica na avenida Aniloel Nazareth, às margens da BR-153. O contrato tem validade de 5 anos.

"Pretendemos iniciar a demolição na primeira quinzena de dezembro. A previsão é de 90 para a execução do serviço”, falou o seccional.

No local da antiga central deve ser construída uma Central de Polícia Judiciária, para reunir toda a estrutura administrativa da Delegacia Seccional, a Central de Flagrantes, além de todos os distritos policiais, e a Delegacia de Defesa da Mulher.

"Eu tinha muita fé. Graças a Deus e ao empenho pessoal do vice-governador Rodrigo Garcia, o recurso está disponibilizado”, disse Silas. 

Relembre os fatos

O recurso de R$ 520 mil destinado a demolição de todo o prédio que abrigava a antiga Central de Flagrantes e o Ciretram, localizados na avenida América, foi depositado em setembro com publicação no Diário Oficial do Estado. O anúncio foi feito pelo vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM) em evento que contou com a presença da cúpula da Polícia Civil do Estado na cidade.

Alegando que não havia mais dinheiro para a obra, Governo decretou o fim da execução orçamentária e o valor voltou para a conta do governo. Decisão que foi revogada e o dinheiro voltou a ser disponibilizado para a obra que deve acontecer no mês de dezembro.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!