Raul Marques

Jornalista e escritor


Pai de menina

Por: Raul Marques
19/09/2019 às 13:19
Raul Marques

De vez em quando, uma amostra do que virá no futuro é oferecida de brinde no presente, como espécie de aperitivo. 

Foi o que senti ao testemunhar minha filha subir pela primeira vez na garupa de uma moto, mesmo que de brinquedo. No alto do meu otimismo juvenil, criei para a minha garota agenda perfeita de acontecimentos. Pelo menos a meu ver. Acredito que tudo vai acontecer em seu devido tempo. Já aceitei que um dia ela poderá passear de moto com outro alguém…

…desde que tenha 32 anos de vida, pós-doutorado, domínio em 14 idiomas, registro de visita a todos os continentes no passaporte e brevê para pilotar um 747 da Boeing. E eu acesse aparelhos supersônicos de controle, busca e monitoramento. 

Estava, porém, enganado.

Em tarde de sábado, o meu merecido descanso de trabalhador foi bruscamente interrompido por um insistente barulho de motocicleta elétrica. Apesar do incômodo inicial, não passei o verniz da importância no indesejado evento.

De passagem pela rua, logo sumiria no asfalto. Para longe. Mas não aconteceu assim. O veículo tripulado por criança foi estacionado na frente da minha garagem, com o capricho de quem tem intenções claras.

Qual a surpresa, o condutor da motocicletinha chamou pelo nome a minha filha. O sangue ficou quente na hora. O meu, é claro.

Apesar do ruborizante descontentamento, não interferi no desenrolar da história. Nada de mais, pensei. Um amigo visita o outro. Momento comum, natural, trivial. De todo modo, fiquei à espreita.

Sem cerimônia, o menino fez o convite para uma volta despretensiosa de moto pelo bairro. Enquanto o meu raciocínio ficou confuso, o coração insistia que a gentileza do garoto seria declinada.

Em um piscar de olhos, minha filha subiu na garupa, com indisfarçável alegria. Mais do que rapidamente, mandei descer e voltar para casa.

Em previsão de última hora, a moça do tempo informou que iria desabar uma tempestade. A maior dos últimos três milênios. Mas, no íntimo, a imaginação foi longe.

Penso se, daqui a alguns anos, meu poder de controlar o tempo será assim tão eficaz.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!