Carlos Alexandre

Empresário e presidente do diretório municipal do PCdoB


O Brasil e seus heróis

Por: Carlos Alexandre
07/04/2020 às 09:52
Carlos Alexandre

Já não deixei dúvidas de que sou frontalmente contra Bolsonaro. Mas não chego ao cúmulo de torcer contra, pois não sou suicida.

Nem penso que seja questão de torcer, afinal de contas, não estamos numa partida de futebol ou algo que o valha.

Bato de frente constantemente com o os defensores desse governo que julgo acéfalo.

Acredito que as falas e desmandos do presidente que não elegi são eivados de gravíssimos erros e insensatez desmedida.

Bolsonaro não tem, segundo minha ótica, preparo para governar como atestam seus anos de vida pública improdutiva como deputado polo Rio de Janeiro.

Acho mesmo que ganhou as eleições porque não foi aos debates, onde seria moído por qualquer um dos demais candidatos, além é claro do antipetismo inflamado pelas "fakenews” em excesso e o ódio da "casa grande”.

Mas não é por isso que eu concordaria com a substituição, nesse momento, do Ministro da Saúde como quer Bolsonaro e seu grupelho de cegos apoiadores.

Com ciúme do aparente destaque de Mandetta, o infantil à frente do governo brasileiro recorreu ao "gabinete do mal” para fritar diariamente o ministro, minando sua paciência.

O fato é que o ministro vem cumprido os protocolos prescritos pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e pelo universo científico. Como aliás faria um bom médico.
Assim, qualquer alteração nesse momento poderia ser desastrosa para boa parte do povo de nosso país.

Longe de mim, como quer parte da mídia, fazer de Mandetta um herói nacional.

Amigo leal dos planos privados de saúde, Mandetta sempre trabalhou pela destruição do SUS.  Ajudou a acabar com o Mais Médicos além de operar o tempo todo contra núcleos e agentes comunitários de saúde. Inclusive minado investimentos e financiamentos necessários a essas nobres causas.

Como Deputado Federal trabalhou arduamente pelo impeachment de Dilma (golpe) e foi indicado para compor o governo Bolsonaro como cota do DEM, mas também por alinhamento a muitas das ideias neoliberais e de direita dos grupos que se formaram por trás do candidato à presidência.

Por isso não dá para simplesmente torna-lo um salvador da pátria da noite para o dia.  

Só repito.  Longe de mim a irresponsabilidade de apoiar sua demissão nessa altura abrindo flancos para os devaneios do insano e de seu grupo de aluados.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!